APONTAMENTOS CRÍTICOS SOBRE A MENSURAÇÃO DO DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL A PARTIR DA UTILIZAÇÃO DE INDICADORES AMBIENTAIS E SOCIAIS

Emilim Shimamura, Elve Miguel Cenci

Resumo


O presente artigo buscou identificar as principais críticas atualmente apontadas quanto à utilização de indicadores ambientais e sociais como meio de mensuração do desenvolvimento sustentável. Foi possível perceber que a dificuldade em adotar métodos e critérios para construção
de índices sintéticos, como também a divergência conceitual e ideológica por parte de seus criadores pode levar a resultados não apenas diversos sobre o mesmo objeto, como também a resultados, inclusive, contraditórios. Para tanto, foram tecidas considerações sobre a evolução histórica do termo desenvolvimento sustentável; o contexto histórico que levou à construção de indicadores; esclarecimentos acerca do conceito, classificação e aspectos gerais, e por fim, apontamentos críticos sobre o tema em seu aspecto ambiental, social e empresarial.

 


Palavras-chave


Indicadores sociais e ambientais; Desenvolvimento sustentável; Divergência metodológica e conceitual.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.14210/rdp.v7n2.p1253-1278

Apontamentos

  • Não há apontamentos.