A ALFABETIZAÇÃO ECOLÓGICA NAS POLÍTICAS PÚBLICAS EDUCACIONAIS E AMBIENTAIS: FUNDAMENTO TEÓRICO E CONSTITUCIONAL

Jeferson Dytz Marin, Cristina Dias Montipó

Resumo


A educação ambiental é importante protagonista da construção da consciência ecológica e do desenvolvimento de uma compreensão integrada do meio ambiente, firmada nos princípios da ecologia profunda. A afirmação da democracia ambiental, bem como de uma cultura preservacionista passa pela correta leitura e consideração dos princípios constitucionais ambientais e pela aplicação irrestrita da concepção da alfabetização ecológica. Desse modo, a alfabetização ecológica, como prática pedagógica multidisciplinar, baseada na participação, emerge como plataforma de auxílio à superação da fragmentação
do saber, do cartesianismo e da filosofia da consciência, que separa sujeito e objeto, facilitando a compreensão, por meio dos princípios da ecologia, de como viver de maneira sustentável, amparando as políticas públicas educacionais e o
constitucionalismo ambiental.

 


Palavras-chave


ambiente; Constituição; participação; alfabetização ecológica; políticas públicas.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.14210/rdp.v7n2.p1469-1490

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais