A BUSCA PELA ESSÊNCIA DA SEPARAÇÃO DE PODERES EM MONTESQUIEU NO CONTROLE JUDICIAL DAS POLÍTICAS PÚBLICAS

Carolina Scherer Bicca

Resumo


O presente artigo analisará o modelo de separação de poderes proposto por Montesquieu e demonstrará a grande alteração ocorrida em tal arranjo institucional, apontando as principais causas de tal modificação, como a instituição do Estado de Bem-Estar Social, bem como suas consequências, entre elas, o grande fortalecimento do Poder Judiciário. Com isso, proporemos uma forma de conciliar o novo papel de referido Poder com a opção do poder constituinte por uma democracia representativa e pela separação de poderes, o
que será efetuado mediante a análise do esquema de Robert Alexy sobre as margens de discricionariedade conferidas ao legislador pela Constituição, a serem observadas pelo Poder Judiciário.

 


Palavras-chave


Montesquieu; Democracia representativa; Separação de Poderes; Robert Alexy; Discricionariedade do Legislador.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.14210/rdp.v6n3.p857-880

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais