UMA ANÁLISE DAS INSTITUIÇÕES JURÍDICAS PROPOSTAS POR HEGEL NA SUA FILOSOFIA DO DIREITO E DOS SEUS REFLEXOS NA CONTEMPORANEIDADE

Tarcísio Vilton Meneghetti, Bruna Manuela Adriano, Renan Bernardes, Josemar Sidinei Soares

Resumo


Inserida numa linha de pesquisa voltada à filosofia política, esta pesquisa pretende extrair da leitura das instituições jurídicas propostas por Hegel alguns entendimentos que possibilitem contribuir com a análise da realidade do mundo contemporâneo. Neste sentido, o trabalho articula-se logicamente primeiro com uma apresentação geral da estrutura da obra Linhas Fundamentais da Filosofia do Direito, depois com considerações gerais acerca das instituições políticas e jurídicas apresentadas pelo autor, e por fim na relação destes entendimentos com visões de pensadores contemporâneos do direito e da política. Para tanto, foi utilizado o método indutivo, através da pesquisa bibliográfica. Em relação às obras de Hegel, foram utilizadas, para a Enciclopédia, a tradução de Paulo Meneses, e para a Filosofia do Direito, as traduções do Prof. Dr. Marcos Lutz Müller, esparsas em diversos cadernos publicados, de forma que neste caso utilizar-se-á somente a referência através de parágrafos.


Palavras-chave


Filosofia Política; Contemporaneidade; Instituições Políticas e Jurídicas.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.14210/rdp.v4n3.p275-292

Apontamentos

  • Não há apontamentos.