Turismo e informação: A pesquisa de demanda turística real de Diamantina/MG

Juliana Medaglia

Resumo


A relação entre a academia e a sociedade representa um vasto campo a ser explorado na área do turismo, em especial no desenvolvimento baseado em pesquisas aplicadas, a partir de estudos originados em Universidades ou Institutos de Pesquisa. A relação não é, entretanto, garantida, o que fica claro neste trabalho que tem como objetivo compreender o não uso das informações em turismo da Pesquisa de Demanda Turística Real de Diamantina e Região (PDTD) por parte dos atores do turismo de Diamantina/MG. Este artigo exploratório, em forma de estudo de caso, apresenta um referencial teórico que discute a importância da informação para o turismo, bem como a relação da ciência da informação no que diz respeito à linguagem e à organização da informação. Em seguida, traz uma pesquisa qualitativa da qual o universo foi o Conselho Municipal de Turismo de Diamantina/MG, cujos membros foram entrevistados, por meio de um roteiro dividido em quatro partes, a fim de identificar o distanciamento entre os resultados oferecidos por pesquisas acadêmicas e seu uso na tomada de decisão por parte dos gestores. Ao final, percebeu-se que existem barreiras entre a forma de expor resultados comumente utilizados no meio acadêmico e os meios buscados por parte dos desejáveis usuários finais dos dados produzidos, para que a informação possa fazer sentido e ser incorporada ao processo de desenvolvimento do destino. Encontrou-se também a indicação da importância da contextualização socioeconômica para análise de resultados nas ciências sociais aplicadas.

Palavras-chave


informação em turismo; linguagem de especialidade; pesquisa de demanda turística real de Diamantina/Brasil.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.14210/rtva.v22n2.p211-234

ISSN: 1983-7151

Tur., Visão e Ação

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 3.0 Brasil.