PRÁTICAS ORÇAMENTÁRIAS APLICADAS EM EMPRESAS HOTELEIRAS NO BRASIL: UM ESTUDO NA CIDADE DE BALNEÁRIO CAMBORIÚ – SC

Mauricio Mello Codesso, Rogério João Lunkes, Ricardo Suave

Resumo


O setor turístico representa importante papel na economia brasileira e, especialmente no Estado de Santa Catarina, a cidade de Balneário Camboriú recebe centenas de milhares de turistas estrangeiros todos os anos. Como os hotéis exercem papel de destaque nessa atividade, o presente estudo tem como objetivo fornecer evidências sobre as práticas orçamentárias em empresas hoteleiras na cidade de Balneário Camboriú (SC). Para atingir este objetivo, uma pesquisa empírica foi realizada, com o envio de questionário a todos os hotéis associados à Associação da Indústria Hoteleira de Santa Catarina (ABIH-SC), sendo a população inicial formada por 17 hotéis de Balneário Camboriú. A partir desta população inicial, foram selecionados 11 hotéis que possuem orçamento formal, com o retorno de 6 questionários. A estatística descritiva foi aplicada sobre os resultados, visando melhorar a base das discussões. Os resultados mostram que a maioria dos hotéis possui um processo formal de orçamento, tendo o bottom-up como processo orçamentário predominante. A pesquisa revela ainda quais as bases para a elaboração do orçamento e dos aspectos relacionados às etapas de execução e controle, bem como suas finalidades.

Palavras-chave


Orçamento. Planejamento. Hotéis.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.14210/rtva.v15n2.p279-294

ISSN: 1983-7151

Tur., Visão e Ação

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 3.0 Brasil.