Turismo em unidade de conservação: o caso do Parque Estadual Serra da Baitaca

Raquel Ribeiro de Souza Silva

Resumo


O Parque Estadual Serra da Baitaca (PESB) está localizado entre os municípios de Piraquara e Quatro
Barras na região metropolitana de Curitiba, capital do Estado do Paraná. É uma unidade de conservação
(UC) com considerável importância natural, histórica e turística, contudo desde sua criação observa-se a
ausência de mecanismos para sua consolidação. Assim, por meio de pesquisas bibliográfica, documental
e de campo, este artigo analisou a legislação existente para UCs e a sua aplicabilidade no PESB;
identificaram-se as atividades turísticas desenvolvidas no local e as potencialidades ainda não exploradas;
verificou-se o conhecimento de visitantes e de moradores em relação ao significado do termo UC e do
PESB; e buscaram-se sugestões de ações no sentido de viabilizar a conservação, o desenvolvimento e
a consolidação desta UC. Os resultados demonstraram que o PESB carece de um plano de manejo que
contemple o planejamento de atividades turísticas, especialmente no que diz respeito à infraestrutura
receptiva. Concluiu-se que uma gestão efetiva, por meio de parcerias entre o poder público e privado,
moradores e visitantes, junto a uma gestão participativa, podem ser iniciativas capazes de auxiliar essa
UC a atingir os objetivos propostos para a sua categoria.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.14210/rtva.v15n3.p409-418

ISSN: 1983-7151

Tur., Visão e Ação

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 3.0 Brasil.