Da TV aberta para a segunda tela: pronunciamentos de Dilma no segundo mandato

Luiz Ademir de Oliveira, Alexandre Augusto da Costa, Aline Andrade Pereira

Resumo


O artigo discute as estratégias de marketing governamental a partir da análise dos pronunciamentos da presidente Dilma Rousseff (PT) em seu segundo mandato, iniciado em 2015. Com um começo turbulento de governo, marcado pela crise política e econômica, a presidente tem sido alvo de protestos e a oposição se articula para tentar o seu impeachment. No primeiro mandato, Dilma contou nos dois anos e meio iniciais de governo com alta popularidade e utilizou os pronunciamentos em Cadeia Nacional de Rádio e TV como uma forma de promover a sua imagem. Mas, no segundo mandato, com a popularidade muito baixa, Dilma tem esbarrado em problemas de marketing e de comunicação. O primeiro pronunciamento em 08 de março de 2015, Dia Internacional da Mulher, foi recebido com uma onda de panelaço nas grandes cidades do país. Para evitar novos desgastes, o pronunciamento do Dia do Trabalhador em cadeia de rádio e TV foi cancelado, e o governo postou três vídeos ao longo do dia na internet.

Palavras-chave


Government Marketing; Dilma Rousseff; Pronouncements; National Chain of Radio and TV (CNRT); Seconds creen;

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.14210/vd.v14n02.p%25p