Princesa congelada? Uma leitura feminista de Frozen - uma aventura congelante

Jacqueline Sobral, Beatriz Beraldo

Resumo


O presente artigo se vale das teorias da representação social para debater a construção simbólica do papel da mulher na sociedade, tendo como suporte as narrativas de contos de fada, em especial as histórias produzidas pela Disney. Partindo da hipótese de que o filme Frozen - uma aventura congelante (Frozen, 2014) representa uma leitura moderna dos tradicionais contos de fadas, propomos pensar o protagonismo da “princesa Elsa” como uma possível adoção de diretrizes feministas na construção de histórias infantis por um dos maiores conglomerados de mídia do mundo.


Palavras-chave


Comunicação; Infância; Feminismo

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.14210/v&d.v14n02.p%25p