Perspectiva metodológica para análise do discurso verbal, de sinais e imagético em telejornais universitários voltados à acessibilidade

Michele Negrini, Roberta Roos

Resumo


O telejornalismo vem sofrendo transformações através da massificação da web, dos novos paradigmas técnicos e dos formatos do jornalismo na TV, além da construção e do papel do telejornalismo universitário. O telejornal universitário, na atualidade, tem se reconfigurado para abranger públicos amplos e diversos. A democratização da informação é uma oportunidade para as produções do telejornalismo universitário, que antes ficavam restritas à sala de aula e que agora podem ser vistas por pessoas no mundo inteiro. Diante disso, o presente artigo propõe a apresentação de um esboço metodológico para análise dos discursos verbal, de sinais e imagético de telejornais universitários voltados à acessibilidade, mais especificamente aos que incluem a Linguagem Brasileira de Sinais.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.14210/vd.v15n01.p%25p